Descubra porque o marketing de conteúdo da sua empresa não está dando certo.

Muito se fala sobre a importância da Estratégia de Marketing de Conteúdo para que as marcas alcancem melhores resultados no ambiente digital.

Embora esta modalidade seja realmente muito relevante e traga resultados satisfatórios, algumas empresas podem ter uma percepção negativa ao tentar implementá-la em seu negócio. Porém, antes de tirar uma conclusão sobre a sua efetividade, é necessário analisar a atuação realizada, a fim de identificar possíveis erros na estratégia de Marketing de Conteúdo.

Para que você faça este autodiagnóstico sobre a atuação da sua empresa no ambiente digital, reunimos neste post os principais erros do marketing de conteúdo. Confira!

O que não fazer no Marketing de Conteúdo

Conteúdo autocentralizado

O primeiro dos erros do marketing de conteúdo é a auto centralização das pautas.

Embora você tenha muito a contar sobre a sua marca, é necessário se colocar no lugar do consumidor e se perguntar se aquilo que quer comunicar é, de fato, relevante para ele.

Portanto, ao invés de pensar nos produtos e serviços que você quer divulgar, tente fazer o exercício inverso: pense nos problemas dos consumidores que a sua empresa pode resolver.

Para exemplificar, vamos pensar em uma marca de produtos de limpeza, que está direcionando seus conteúdos para falar da composição de seus produtos.

Como estes conteúdos não trouxeram o resultado esperado em vendas, a empresa fez uma análise e, ao tirar o foco de si mesma, percebeu que grande parte dos seus consumidores eram pessoas de vida muito agitada que estavam procurando por produtos eficientes para garantir a limpeza de forma prática e rápida, sem se preocupar com a composição deles.

A partir disso, ela pôde descentralizar a comunicação de si mesma e passou a entregar conteúdos com dicas para que os consumidores tivessem mais eficiência e agilidade na limpeza de suas casas.

Desconhecimento sobre a persona da sua empresa

Ainda pensando no exemplo acima, há mais um ponto para ser analisado: uma empresa só consegue deixar de ser auto centralizada quando conhece seu consumidor!

Isso significa que um dos erros do marketing de conteúdo é começar a gerar pautas sem antes entender mais sobre seu target.

Portanto, não se esqueça da etapa de planejamento estratégico que é essencial para qualquer ação de marketing de conteúdo.

Trace um perfil acerca de quem você deseja atingir, como é sua rotina, quais suas necessidades e como a marca conseguirá contribuir para a vida dessa pessoa.

Para isso, você pode se apropriar das ferramentas que o digital oferece para entendimento do perfil do consumidor.

Esquecer de desenhar um fluxo de nutrição

Tão importante quanto definir quem é a sua persona e criar conteúdo que foque em seus problemas é se preocupar com o fluxo de nutrição do consumidor.

O fluxo de nutrição nada mais é do que a definição de uma régua de relacionamento que visa construir uma comunicação de longo prazo com o consumidor.

Através dele, você vai direcionar uma jornada de conteúdos em uma ordem específica para que a persona receba-os sequencialmente. Esta jornada terá como objetivo fazer um usuário seguir por todo o funil de vendas, que vai desde atração, passando por consideração até a conversão.

Na prática, você deve planejar um conteúdo inicial para quem está interagindo pela primeira vez com a sua empresa, de modo a gerar atração pelo produto/serviço. Em seguida, você deve direcionar este usuário para uma etapa um pouco mais avançada, onde poderá fazê-lo considerar a compra, aprofundando mais o conhecimento dele acerca do seu negócio. Por fim, pode impactá-lo com conteúdos direcionados para que ele realize a conversão desejada – seja ela um cadastro, uma venda, uma cotação etc.

Se você não desenha este fluxo de nutrição, tende a criar conteúdos em ordens aleatórias, de modo que não direciona o consumidor para que ele chegue até o seu objetivo final que é a conversão. E é justamente essa falta de estratégia que pode estar fazendo com que o marketing digital – que inclui conteúdo – não gere os resultados esperados.

Pensar só no rankeamento

Estar bem rankeado nos mecanismos de busca é super relevante, não há como negar. Diante dessa afirmação, muitas empresas centralizam toda a estratégia de seu conteúdo no ato de utilizar as melhores palavras-chave para garantir a otimização dos resultados de busca.

O erro deste pensamento está no fato de que o bom rankeamento é construído não só pela estratégia de palavras-chave, mas sim pela relevância do conteúdo para os usuários. Isso significa que seu conteúdo pode aparecer nos primeiros resultados de busca, mas se as pessoas não se interessarem e abandonarem a página rapidamente, você perderá relevância e cairá no rankeamento.

Por isso, foque em um bom conteúdo e introduza as palavras-chave no contexto, sempre pensando na relevância e não na quantidade de menções. Assim, seus resultados tendem a ser mais efetivos.

Colocar qualquer pessoa para escrever

Por fim, mas não menos importante: selecione com bastante cautela a pessoa/empresa que será responsável por escrever, revisar e publicar conteúdos em nome da sua marca.

Embora há quem acredite que o marketing de conteúdo é um passatempo e que escrever em blog não é algo relevante, existem muitas etapas estratégicas a serem cumpridas para que uma marca obtenha relevância e atinja bons resultados através de conteúdos.

Portanto, garanta que o responsável pelos conteúdos seja capacitado, tenha pensamento estratégico, conheça sobre o seu produto e domine bem as técnicas de escrita. Este pode ser o toque final que está faltando para que você comece a colher melhores resultados.

Como vimos, o marketing de conteúdo, embora pareça simples, tem por trás uma estrutura complexa que demanda muito planejamento estratégico e, por isso, não é uma ferramenta de curto prazo: é preciso investir nela.

Se você quiser obter um diagnóstico sobre como sua empresa está posicionada no digital, tenha acesso gratuito à nossa ferramenta de análise de presença digital.

 

Por |2019-09-10T16:24:33-03:0010 de setembro de 2019|Inbound Marketing, Marketing Digital|0 Comentários

Deixe um comentário

WordPress Video Lightbox